uberGREEN: conclusões preliminares

No passado dia 7 de março demos um importante passo em direção a uma mobilidade mais sustentável nas cidades portuguesas com o lançamento do uberGREEN, que proporciona aos nossos utilizadores uma opção de viagem 100% elétrica.

Quatro semanas depois do lançamento, partilhamos as primeiras conclusões deste projeto-piloto.

Aceitação dos utilizadores


O feedback contínuo dos utilizadores permite-nos determinar quais os fatores que contribuem para uma melhor experiência de viagem. Em particular, torna-se possível perceber se existe alguma diferença na forma como os utilizadores avaliam uma experiência 100% elétrica em comparação com uma experiência de viagem num carro convencional, e em que medida.

Procurámos então a determinar a forma como os utilizadores avaliam as viagens uberGREEN em comparação com as viagens em carros convencionais no uberX1.

Em Portugal, a preferência por viagens 100% elétricas é clara. Entre 7 e 31 de março de 2016, as viagens uberGREEN atingiram uma classificação média de 4,86, numa escala de 1 a 5, o que compara com uma classificação média de 4,75 para viagens em veículos uberX2.

PT_ChartsGreenPorto-02

Avaliação média utilizadores às viagens realizadas em Lisboa e no Porto, de acordo com o tipo de serviço (uberX ou uberGREEN) entre 7 e 31 de março de 2016.

 

Impacto ambiental


Nas cidades onde estamos presentes há mais tempo observamos uma tendência clara na forma como as pessoas se deslocam: cada vez mais a preferência recai por soluções de mobilidade on-demand em detrimento da utilização do carro próprio.

Posicionando o uberGREEN como uma alternativa sustentável ao uso do carro próprio, propusemo-nos atingir um objetivo ambicioso: gerar uma poupança de 20 toneladas de emissões de CO2 a Lisboa e ao Porto ao longo dos três meses do projeto-piloto, iniciado com apenas 20 carros. Estas poupanças são estimadas numa óptica tank-to-wheel3 e têm em conta as emissões de CO2 que são eliminadas pressupondo a substituição direta de uma viagem num carro próprio por uma viagem uberGREEN.

Os dispositivos de medição instalados em cada veículo, e desenvolvidos por um parceiro tecnológico português, permitem estimar estas poupanças de emissões de CO2.

Entre 7 e 31 de março, os utilizadores de Lisboa e Porto pouparam a estas cidades uma emissão de 5.506 kg de CO2 ao escolherem viajar com o uberGREEN, o que equivale às emissões de CO2 geradas para produzir uma quantidade superior a seis toneladas de papel.

PT_ChartsGreenPorto-01

Poupanças em emissões de CO2 decorrentes de viagens uberGREEN entre 7 e 31 de março em Lisboa e no Porto.

 

Gestão de uma operação assente em mobilidade elétrica


A operação de um veículo elétrico envolve a gestão de duas novas variáveis quando comparada com a operação de um carro convencional: a autonomia do carro e o tempo de carregamento da bateria.

Analisámos os dados dos carregamentos dos veículos para determinarmos com que nível de bateria é que os motoristas se dirigem às estações de carregamento, e como é que este parâmetro tem evoluído ao longo do tempo.

Ao analisarmos estes dados, constatamos que os motoristas estão cada vez mais confortáveis a lidar com a autonomia do veículo elétrico, e cada vez mais maximizam cada ciclo de carregamento. Na semana antes do início do piloto, em que os parceiros começaram a testar os carros elétricos na plataforma da Uber enquanto uberX, os motoristas dirigiam-se ao posto de carregamento em média com 25,9% de carga na bateria. Esta aprendizagem permitiu aos motoristas que começassem a usar a bateria de forma mais eficiente. Com efeito, na primeira semana do piloto, estes passaram-se a dirigir ao posto de carregamento com 16,5% de carga na bateria em média, um valor que diminuiu e estabilizou nos 15,9% a partir da segunda semana.

PT_ChartsGreen_Paper-03

Bateria média disponível, em percentagem do total, nos veículos uberGREEN no momento de carregamento. Evolução média semanal entre 3 e 20 de março de 2016.

 
 
Estamos determinados em tornar a mobilidade mais simples e sustentável nas cidades portuguesas. É por isso que vemos com entusiasmo estes primeiros resultados do projeto-piloto uberGREEN em Lisboa e no Porto, que deixam antever um futuro auspicioso à mobilidade elétrica on-demand em Portugal.

A vossa equipa Uber Portugal

 


1 A análise considera apenas viagens uberX feitas em veículos com matrícula de 2014 ou mais recente.

2 Diferença estatisticamente significativa com um nível de confiança superior a 99%.

3 A análise tank-to-wheel inclui o consumo de energia e emissão de gáses poluentes para a locomoção do veículo

Featured articles

5 Times You’ll Need To Order UberEATS This Semester

Whether you’re a freshman or a senior headed back to campus this fall, one thing is certain—you’ll need to eat. And there is nothing worse than being limited to questionable cafeteria food or taking a chance on expired leftovers in the back of the fridge. The best news? UberEATS is expanding to 30+ major college campuses by the end of the year, from Penn State to LSU to Boise State. Since we want you to focus on what you love about college and not worry about your next meal, we’re predicting the 5 times you’ll need to order UberEATS this semester.

Get a Taste of the World: UberEATS is in 100+ Cities

We are excited to surpass the 100th city mark by welcoming two Brazilian cities, Rio de Janeiro and Belo Horizonte, to the UberEATS family. From Atlanta to Warsaw, people have truly embraced this easy and reliable way to discover the food they love at the push of a button. Whether that’s an Indian inspired samosa, a good old-fashioned American burger or Vietnamese pho, people in 27 countries are using UberEATS to get a taste of the world’s flavors at the push of a button.

Uber for Business now makes it easy to give your customers a ride

We’re excited to expand the Uber for Business platform beyond business travel, to include a world-class customer transportation solution, Uber Central. With Uber Central, organizations of all shapes and sizes can now easily provide on-demand, door-to-door transportation for their customers, clients, and guests.